quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

progresso nordestino



Teresina cresceu pros rumos de Zé de Freitas. Plantaram uma "ruma"* de prédios na zona leste em nome do progresso. O Piauinauta tem saudade do tempo que o rio Poty não era o esgoto dos bacanas e se podia tomar um belo banho de rio ali por trás do Colégio Batista, ainda do lado de cá. Do lado de lá era desolação. E aí se plantaram esses prédios em nome do progresso nordestino, esse menino, já fez fama mundial...
_____________
*ruma, significa um monte, um bocado, uma porção, que é muito, né esse poquim das porções do bares do sul. Entendeu, bichim?

4 comentários:

zan disse...

Estou de volta ao Piauí, depois de décadas. Lembra aquela coisa do Drumond não querer voltar a sua terra natal, Itabira? Quem volta, volta pra qualquer lugar, menos pro lugar de onde se saiu há décadas...

Valdir disse...

A maioria dessas torres são de propriedades de prefeitos e, pasme,de vereadores dessas cidadezinhas currutelas de muro baixo dos confins do Estado.

Jacinta disse...

Isso nunca foi progresso, isso é uma ver...go...nha. Depois se zangam por causa das piadas. Estive lá no natal depois de 13 anos, realmente o pequeno aeroporto "campo de aviação" não combina com aquela ruma de prédios de luxo. Qualquer aeroporto de cidades importantes do interior de São Paulo, Paraná, Sta Catarina, Mato grosso é mais movimentado e melhor do que o de Teresina com 1 milhão de habitantes. Foi o que me disseram meus parentes que foram expulsos da Ilhotas por causa dessas torres luxuosas. Hoje moram numa favela que chamam de Vamos ver o Sol. Acreditam? Liguem pra alguém de lá e confirmem como existe esse depósito de gente com esse pomposo nome. O que tá aconrecendo?

Nettocampomaior disse...

Primeiro,uma bronca no Edmar: não recebi o comunicado de nova edição do Piauinauta; segundo: fui bem ali e quando volto encontro conterrâneos irados com essa ruma de prédios numa paisagem noturna bonita e difícil de convencer alguns dos quase 20 ensimesmados curitibanos que eu conheço, de que se trata da capital do Piauí. Não satisfeito, sapequei outras fotos. Acho que consegui. Falar nisso, pro pessoal aqui do Sul, Deus ainda não fez o tão falado Delta das Américas, tão frequente na ponta da língua dos nosso nobres representantes em Brasília. Nada não, vamos em frente, pois é pra lá que as malas batem, segundo meus conterrâneos de Campo Maior, a maior e melhor cidade de todo o hemisfério Sul da galáxia Piauinauta.