quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

METAMORFOSE DA LETRA


Ana Cecília Salis

passarada
leva para longe,
Bem longe,
Carrega no bico
Passeia em revoada
Pousa no papel
desliza entre dedos...
Antes,
de mar
profundo azul
de botes e veleiros
vendavais e suspiros
qualquer pôr de sol
de sempre amanheceres
sopra para lá...
murmura ouvidos
sutura o talho
Feito da faca
do fio que corta
a tez da alma
pungida
refaz o grito
repara a ferida
carrega daqui
o que de nada adianta
me leva letra...
que te alcanço em qualquer horizonte
com a palma das minhas mãos.

_______________

FOTOPOEMA: Edmar

Um comentário:

Mariana disse...

Que lindo!!! As imagens sempre em perfeita harmonia...